Churrasco na Laje

Pessoal, deixo-vos abaixo algo que recebi de um amigo e que talvez ajude a explicar o que ainda cansamos de transferir para outros a responsabilidade que para nós é devida.

…de algum modo, em algum lugar, com alguém, senão com a gente mesmo!

Por Mário Machado

A verdade é que pobre atrapalha!
Causa desconforto, estranheza!
É como se a pobreza fosse uma falha,
Uma brecha que revela a imperfeição do sistema; sua impureza.
Se a vida é assim, tão fascinante, tão bela,
Como explicar, o desespero; pior! O vazio.
A globo ao filmar suas novelas,
Esconde o lixo e mostra só o luxo do Rio.
O pobre morre na contramão atrapalhando o tráfego,
Como se canta na música do Chico!
Quem gosta de pobre é sociólogo!
Mas, somente sociólogo rico.
A pobreza dá  voto, dá IBOPE.
Pobre não tem nome, que dirá sobrenome! Vira estatística!
A pobreza vira tese, filme…, em novela ser pobre é  pop!
A miséria é intocável, insuperável, mística!
O pobre atrapalha o sonho americano!
Depõe contra a perfeição hipócrita da burguesia
Despe a sua roupa de grife e mostra seu lado doente, insano!
O pecador expulso do paraíso, foi exilado na Ilha da fantasia!
No mundo tem pobre de todo tipo!
De tudo quanto é cor, gosto ou qualidade!
Tem pobre brega, chique, pobre que é pobre e pobre rico!
A pobreza é a anorexia do sistema ufanado em sua vaidade!

Para ruminar vida afora:
  “O pobre é odiado até do vizinho…” Provérvios 14:20

Anúncios

1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s